Notícias

 

Gestor Governamental participa da inauguração da Adutora do Moxotó e 1ª etapa da Adutora do Agreste

28 de Mar? de 2019



No Dia Mundial da Água (22), o Gestor Governamental de Planejamento, Orçamento e Gestão, Teo Hiramine participou da inauguração da Adutora do Moxotó e trecho da 1ª etapa da Adutora do Agreste. O gestor, que integra a equipe do Escritório de Gerenciamento de Projetos da SEPLAG (EGP-PE), realiza o monitoramento estratégico da obra desde 2016, participando ativamente dos processos de planejamento, monitoramento e controle do projeto. As obras irão levar água da transposição do Rio São Francisco, inicialmente, a 10 municípios do Sertão e Agreste pernambucano, beneficiando 400 mil habitantes. Foram investidos, até o momento, cerca de R$ 400 milhões.

A cerimônia ocorreu numa das Estações Elevatórias da Adutora do Moxotó, em Sertânia, onde acontece a captação da água do Eixo Leste da transposição do Rio São Francisco. Além do governador Paulo Câmara, discursaram no evento o Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, o Senador pernambucano, Fernando Bezerra Coelho, o prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira, a secretária estadual de infraestrutura e recursos hídricos (Seinfra), Fernandha Batista e o diretor-presidente da Compesa, Roberto Tavares.

"As obras começaram lá atrás, mas faltava o Ramal do Agreste. Então, se pensou em como fazer essa água chegar ao Agreste pernambucano. Foi quando nós imaginamos a solução, junto ao Governo Federal, de fazer a Adutora do Moxotó, que já permite a funcionalidade para mais de 20 municípios do Agreste e faz com muitos que estavam convivendo com 100% do abastecimento via carro-pipa hoje tenham água do Rio São Francisco nas torneiras de casa. Uma água de qualidade, uma água que faz os sonhos se tornarem realidade”, afirmou Paulo Câmara.

Com a inauguração, os municípios de Arcoverde, Pesqueira, Belo Jardim, Sanharó, São Bento do Una e Tacaimbó já estão sendo abastecidos, enquanto Alagoinha, Venturosa, Pedra e São Caetano irão ser beneficiados nos próximos meses, totalizando 10 municípios. O Ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, ressaltou a importância da obra. “São dez municípios atendidos agora e 23 ao término da primeira etapa da Adutora do Agreste. E, na segunda etapa, chegaremos a 68 municípios”. Quando finalizada, a Adutora do Agreste irá atender em torno de 2 milhões de habitantes, sendo considerada a maior obra hídrica do Brasil.

#gestoresemacao
#gestorgovernamental
#sindgestor
#eppgg
#gestaopublica

 

FONTE: Informativo Eletrônico Seplag

 

 

Postado por: Maria do Carmo de Andrade Lima

ComentáriosConfira opiniões e avaliações de clientes!

Enviando Comentário Fechar :/