Notícias

 

Programa BEM VIVER gera mais qualidade no dia a dia dos servidores públicos

22 de Mar? de 2018











Uma iniciativa que teve início em agosto de 2014, na Secretaria de Administração do Governo do Estado de Pernambuco (SAD), tem trazido mais qualidade de vida para os servidores públicos da Secretaria e gerado melhorias no ambiente organizacional. O Programa de Qualidade de Vida BEM VIVER é uma ação da Gerência da Gestão de Pessoas - GESPE e surgiu a partir da necessidade dos servidores, identificada através de pesquisa promovida pelos Gestores Governamentais (GGovs) da GESPE, que vislumbraram na criação do programa uma oportunidade de realização de uma experiência piloto exitosa.

Os GGovs, de um modo geral, deram um salto qualitativo na melhoria dos serviços prestados pela Gerência de Gestão de Pessoas e trouxeram um diferencial para o serviço público, através da profissionalização da Gestão Pública e de um olhar mais técnico e de modernização. “Trouxemos um diferencial nos serviços prestados aos servidores, com uma percepção mais sensível à qualidade de vida e, ao mesmo tempo, também voltada à modernização dos serviços que são prestados, com maior eficiência e controle, sempre em parceria com os demais servidores” analisa Fernanda Almeida, GGov que há quase 5 anos é a Gestora de Gestão de Pessoas da Secretaria.

Fernanda Almeida explica que boa parte dos servidores da SAD possui uma jornada de trabalho de 8h por dia, o que faz com que o tempo dedicado ao trabalho e ao deslocamento casa-trabalho e trabalho-casa, ocupe o maior tempo do dia deles, e por isso quis aproveitar o espaço no trabalho para oferecer um ambiente melhor para os servidores, com ações e informações voltadas para o bem-estar e qualidade de vida.

 “Partimos da observação comportamental e de alguns questionamentos dos servidores para que houvesse uma atividade com esse foco na secretaria. A partir daí, fizemos uma pesquisa para mapear a real necessidade de oportunizar uma solução para o caso e para que boa parte deles pudesse opinar sobre o que de fato seria necessário e o que viam como relevante. E foi a partir dessa pesquisa que construímos o programa BEM VIVER, focado na demanda dos servidores”, relembra Fernanda. Segundo ela, a partir dessa pesquisa as necessidades foram mapeadas e, após o primeiro ano de execução do programa um novo estudo foi realizado para que os próprios servidores analisassem como as ações estavam sendo desenvolvidas, se estavam atingindo o objetivo do programa e também para que fossem sugeridas novas ações. “E agora, em 2018, está em andamento uma nova pesquisa com esse mesmo objetivo, para que eles avaliem o que já está sendo desenvolvido e façam novas sugestões de atividades, a fim de que possamos desenvolver melhorias no programa”, revela. A melhoria contínua é uma prioridade para a Gerência e ofertar um programa de qualidade que atenda as expectativas dos servidores também.

O programa pode ser encarado como um referencial para as demais secretarias, já que a SAD tem um papel muito importante no Estado e é reconhecida como Secretaria mãe. Após a implantação do programa, recebemos o contato de outros órgãos do Estado para conhecer o Bem Viver e temos trocado experiências com essas instituições.

 

Ginástica, terapias alternativas, palestras, oportunidades, arte e cultura

GINÁSTICA LABORAL – Atualmente, a atividade de ginástica laboral é realizada em dois espaços da Secretaria de Administração: no prédio da sede, onde está a maioria dos servidores e no Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (CEFOSPE), que é outra área física da SAD. A ginástica laboral acontece quatro vezes na semana, de segunda a quinta e, em cada setor da SAD, duas vezes na semana, sempre no turno da manhã. Para melhor direcionar as atividades da ginástica laboral, é realizado, periodicamente, um questionário que mapeia as queixas de dores dos servidores.

SHIATSU - Desde o início o programa também conta com uma terapia alternativa originada no Japão, a massagem de Shiatsu. Todas às terças e quintas na SAD, no horário das 11h às 15h, uma profissional oferece os serviços dessa técnica e o servidor que tem interesse faz uma contribuição financeira simbólica. Uma atividade bastante interessante, que não trouxe custo para a Secretaria, tendo em vista que é realizada através de convênio, após a realização de um chamamento público. Hoje, a massagem de vinte minutos custa apenas R$ 16 reais, um serviço que já era solicitado pelos servidores.

PALESTRAS – A cada quadrimestre são trazidos os temas mais sugeridos e de interesse para a saúde do servidor. Essas palestras são fruto de parcerias, já que não existe um recurso financeiro específico destinado ao programa. Alimentação saudável, respiração e meditação, qualidade do sono, uso da bicicleta e mobilidade urbana e a importância da atividade física, além da gestão do estresse foram alguns dos assuntos debatidos até o momento. “Por exemplo, após uma ação fizemos com a oferta de teste de glicemia, vimos que boa parte dos servidores que estavam com seus índices glicêmicos elevados desconheciam esse fato e muito menos a repercussão disso para a saúde. Como a diabetes é uma doença silenciosa, buscamos um endocrinologista para falar sobre o assunto, na SAD”, lembra Fernanda.

VACINAÇÃO E EXAMES – Periodicamente também são viabilizadas vacinação e alguns exames como teste de glicemia, aferição de pressão, cálculo do IMC e exames preventivos para as mulheres, tudo isso através de instituições parceiras.

FEIRA DE TALENTOS - Ano passado, por exemplo, o Programa BEM VIVER conseguiu realizar uma feira de talentos, quando os servidores tiveram a oportunidade de apresentar os seus trabalhos manuais e artesanais para que os demais pudessem conhecer e comprar esses produtos.

TROCA-TROCA LITERÁRIO – Essa atividade promoveu integração na SAD. Numa estante localizada na copa, espaço de maior socialização dos servidores, são expostos livros doados pelo próprio servidor para que o colega possa ter acesso à publicação e devolvê-la após o uso, num verdadeiro troca-troca literário. “A estante agora está lá em caráter permanente e, a todo tempo, vemos novos livros chegando e as pessoas interagindo mais sobre o tema”, registra Fernanda.

Atualmente, o BEM VIVER é coordenado e gerido pela Gerência de Gestão de Pessoas, tendo as GGovs Andrea Xaves e Luciana da Mata à frente das ações. Fernanda Almeida aponta os resultados: “Recebemos feedback bastante positivo dos gestores e servidores com relação ao programa. Especialmente com relação à ginástica laboral, uma ação que alcança a todos e que promoveu uma maior integração entre os servidores das equipes”. Para ela, após quatro anos de existência finalmente podemos dizer que o Programa BEM VIVER está consolidado na SAD. 

 

 

 

Projetos |
Postado por: Maria do Carmo de Andrade Lima

ComentáriosConfira opiniões e avaliações de clientes!

Enviando Comentário Fechar :/