Notícias

Categorias  


Gestores Governamentais contribuem para economia de R$ 598 milhões em Pernambuco

28/12/2017



Alinhada às diretrizes e metas do Mapa Estratégico do Governo do Estado, a Secretaria de Administração do Estado (SAD), através da sua Secretaria Executiva de Compras e Licitações (SELIC), apresentou nesta quinta-feira (21), um balanço de todas as ações realizadas ao longo deste ano, assim como um arcabouço das atividades a serem implementadas no próximo ano.  O encontro, que reuniu os servidores de compras, contratos, cadastros e licitações da referida área, aconteceu no auditório da SAD. Na ocasião, cada gerência vinculada à SELIC fez uma espécie de ‘prestação de contas’ do trabalho desenvolvido ao longo de 2017. Entre os dados relevantes, o Governo de Pernambuco alcançou uma economia de mais de R$ 598 milhões com as ações desempenhadas pela SAD, por meio da SELIC, no período de janeiro deste ano até agora.

Na abertura do evento, o gestor governamental Rafael Manço, secretário Executivo da SELIC, elogiou o trabalho da equipe e agradeceu o esforço de todos para manutenção da regularidade dos processos que circularam na executiva ao longo do ano. “Conseguimos consolidar os prazos previstos e concluir os processos em tempo hábil para satisfação dos nossos clientes. Mantivemos a economia do Estado em alta, assim como a qualidade dos nossos processos”, afirmou o secretário executivo.

Rafael Manço ressaltou ainda que, a possibilidade de enviar servidores da SELIC para realizar capacitações externas junto a instituições de renome nacional melhorou ainda mais a qualidade dos processos. “Além disso, conseguimos também multiplicar, em parceria com o CEFOSPE, um pouco da nossa experiência para os outros órgãos do Governo. Isso acaba refletindo em processos bem feitos também fora da SAD. Estamos fazendo valer a nossa missão de orientar todo o Estado nas áreas de licitação, compras e contratos”, enalteceu o gestor governamental.

Para o ano que vem, ele apontou como prioridade aperfeiçoar a integração dos processos das três principais áreas de atuação da SELIC: compras, contratos e licitações. “Iremos começar a trabalhar com um novo formato de contratação, elaborando-as com mais rapidez e celeridade, trazendo ainda mais economicidade para o Estado”, vislumbrou Manço.

Logo em seguida, foi a vez das áreas vinculadas à SELIC destacarem suas ações. A gestora governamental Juliana Cau, Assessora de Planejamento e Gestão, apresentou as ações desenvolvidas em 2017, no monitoramento e desenvolvimento das iniciativas estratégicas prioritárias da SELIC, bem como todo o processo de construção do Planejamento para 2018.

O gestor governamental Wagner Lyra, gerente Geral de Compras, Contratos e Cadastros, apontou, inicialmente, a reestruturação da gratificação de incentivo para a gestão dos cadastros como um dos destaques do ano. “Foi uma conquista muito importante, que também está vinculada à implementação da avaliação de desempenho dos gestores dos cadastros. Esta é uma iniciativa pioneira do Governo do Estado, uma vez que passamos a avaliar o desempenho de servidores que percebem gratificação de incentivo que até então era restrita a cargos de carreira. A partir de agora, essa ação tende a ser replicada em outros setores”, comemorou Lyra.

Ainda de acordo com Wagner, somente na área de Registro de Preços, foram analisados 1.493 processos este ano, o que resultou numa economia de R$ 21 milhões em atas (entre análises e processos evitados) para os cofres do Estado. “Este ano, 40 atas estão vigentes e 20 em tramitação. Outro dado a ser destacado foi os 1.485 processos analisados este ano relativos à gestão de contratos, em especial de prestação de serviços contínuos”, pontuou o gerente geral de compras, contratos e cadastros.

Ainda durante o Balanço da SELIC, a gestora governamental Kaline Filgueiras, gerente geral de Licitações, fez questão de destacar, entusiasmada, o aumento da economia apurada este ano com processos concluídos na Central de Licitações do Estado, com em relação ao ano passado. “Subimos de R$ 355 milhões, em 2016, para R$ 576 milhões em 2017. Isto é fruto do empenho de toda a equipe da SELIC em buscar sempre o preço mais vantajoso para o Estado, sem deixar de observar os prazos e as exigências legais”, enfatizou Kaline, acrescentando que a orientação é negociar com o fornecedor sempre que possível, inclusive no momento da homologação, na busca pelo preço mais justo para o Estado.

A gerente da GGLIC salientou, ainda, a participação de 63 municípios pernambucanos no IX Workshop para Pregoeiros Público de Pernambuco, realizado nos dias 20 e 21 de novembro, no Centro de Convenções de Pernambuco, em uma parceria com a AMUPE. “O fomento desta parceria foi muito importante para levar aos servidores municipais mais conhecimento na área de licitações”, exaltou Filgueiras.

As Gerências de Apoio Jurídico (GEAJU) e de Apoio Estratégico e Relacionamento Institucional (GAERI), finalizaram o ciclo de apresentações das Gerências, também apresentando seus resultados do ano, bem como as ações que serão implementadas em 2018, com foco, principalmente, na divulgação de informações e disseminação do conhecimento acerca das temáticas de competência da SELIC.

 

AÇÕES DE DESTAQUE DA SELIC EM 2017

- Criação da Comissão Permanente de Apuração e Aplicação de Penalidades – CPAAP;

- Reestruturação das atividades de gestão dos Cadastros de Fornecedores, Materiais e Serviços do Estado;

- Centralização do Cadastro de Pessoas Jurídicas na SAD;

- Realização do IX Workshop para Pregoeiros Públicos do Estado de Pernambuco;

- V Encontro de Gestores de Compras;

- Informe SELIC;

- Lançamento de novos Cadernos de Orientação;

- Programa de Formação Continuada da SELIC em parceria com o Cefospe;

- Seminários de Multiplicação de Conhecimento SELIC.

 

Com informações da Secretaria de Administração

Foto de Robson André

Eventos |

ComentáriosConfira opiniões e avaliações de clientes!

Enviando Comentário Fechar :/

Voltar